Policial Padrão 2017

Câmara de Vereadores de Piracicaba

Vereadora Adriana Cristina Sgrigneiro Nunes

A Câmara de Vereadores de Piracicaba realizou, na noite desta terça-feira (29), a reunião solene de concessão do Título Policial Padrão 2017. A homenagem é de autoria do vereador Carlos Gomes da Silva, o Capitão Gomes (PP), mas neste ano a iniciativa partiu da vereadora Adriana Cristina Sgrigneiro Nunes, a Coronel Adriana (PPS). Na oportunidade, foram homenageados representantes de todas as corporações de segurança que atuam no combate à criminalidade no município. A solenidade ocorreu no salão nobre Helly de Campos Melges.
“Vocês salvam vidas”, disse Coronel Adriana. “Quando coíbem invasões de áreas de proteção permanente, quando investigam e prendem quadrilhas que roubam veículos, traficam armas e drogas. Quando ajudam uma mãe que está com o bebê engasgado. Quando dissuadem possíveis suicidas. Quando vão às escolas e ensinam as crianças de que drogas são drogas. Os senhores salvam milhares de vida”, destacou a parlamentar, ao enaltecer a atuação dos policiais.

Para o delegado seccional João Sérgio Marques Batista, a solenidade valoriza os policiais e todos que militam nas forças de segurança no município. “Nosso bem mais precioso é a vida e, em segundo lugar, é a liberdade. Ser policial é isso: indesejado, muitas vezes, pela sociedade e odiado pela marginalidade, mas apesar disso segue protegendo. Parece simples, mas não é”, enfatizou.

Representante da Polícia Federal, Julio Mufardini destacou a atuação da Coronel Adriana, “que conheci devido às diversas interações entre a Polícia Federal e a Polícia Militar”, disse. “E posso dizer que a senhora sempre foi muito competente”, ressaltou, ao parabenizar os homenageados.

O vereador Gilmar Rotta (PMDB) lembrou da importância da iniciativa do Legislativo piracicabano em reconhecer a atuação do policial na cidade. “Os senhores deixam a sua família, muitas vezes sozinha durante a noite, e vai para a rua combater o crime, vai defender a nossa querida Piracicaba. É justíssima essa homenagem. Vocês merecem essa homenagem”, destacou o parlamentar.

Lourival da Silva Jr., comandante do CPI-9, lembrou da tarefa árdua que é ser policial. “Quero cumprimentar a todos que fazem um excelente trabalho. É profissão de altíssimo risco e temos que ter todo o cuidado em garantir o nosso trabalho”, disse. “A população precisa se preocupar mais com as polícias. Somos lembrados na hora do perigo, mas quando passa o perigo, somos esquecidos.”

A inspetora Lucineide Correa, comandante da Guarda Civil Municipal (GCM), representou o prefeito Barjas Negri (PSDB). “Não poderíamos deixar de destacar o trabalho integrado de todas as corporações, buscando em conjunto a redução dos índices de criminalidade no município. Quando a segurança funciona melhor, as engrenagens da cidade também funcionam melhor”, disse.

Foram homenageados o agente da Polícia Federal, Emerson Antonio Ferraro; o sub-inspetor José Antonio Mendes de Matos, da Guarda Civil; o investigador da Polícia Civil, Mauro Roberto de Souza Júnior; e o sub-tenente Wilson Shinji Kurosaki, da Polícia Militar.

“Corremos atrás de um bandido que furtou um veículo e sabe-se-lá de quem é esse carro”, disse. Ele lamentou a falta de reconhecimento da sociedade. “A sociedade não reconhece. A mídia condena. O reconhecimento, normalmente, é da família, dos colegas, dos superiores dos nossos órgãos, e ainda assim continuamos lutando”, disse. “Estamos vivendo um monte de coisa errada no País, com corrupção e um judiciário que reputo como um dos piores do Brasil, que não dá guarida nenhuma ao policial e nem à sociedade em geral, por isso a nossa única saída é a união”, concluiu.

Marco Antonio Zanca – Presidente e Irio Trindade de Jesus – Vice Presidente da Associação dos Subtenentes e Sargentos da Polícia Militar do Estado de São Paulo – ASSPM prestigiaram o evento.
O diretor do jornal Gazeta de Piracicaba, Lourenço Tayar, representou o Funseg (Fundo Municipal de Segurança), que contribuiu com ações voltadas ao fortalecimento das corporações policiais.
Na parte artística da solenidade, Flávio Carvalho cantou as músicas “É Preciso Saber Viver”, no início, e “Aleluia” e o Hino de Piracicaba, ao final da homenagem.

Leave a Comment