ESTÁ GARANTIDA NA PPA A CAPACITAÇÃO DE POLICIAIS

A Assembleia Legislativa de São Paulo aprovou nesta terça-feira (17/03), o Projeto de Lei 924/2019 que trata do Plano Plurianual (PPA) para o quadriênio de 2020 a 2023. A PPA define as diretrizes e os objetivos adotados pelo Governo, ou seja, as ações prioritárias como programas e metas a serem executadas pelo chefe do Executivo nos próximos anos.

Dentre as metas estabelecidas na PPA está à formação e capacitação de policiais militares, civis e polícia judiciária. Isso está sendo possível graças as Emendas nº 343/19, nº 344/19 de autoria do deputado estadual Tenente Nascimento (PSL), que segundo ele, trabalhou de forma intensa para que elas fossem acatadas no relatório da Comissão de Finanças, Orçamento e Planejamento, da qual é membro titular, e posteriormente aprovadas no plenário.

“A PPA contou com 800 emendas apresentadas por deputados, para nós foi uma grande vitória ter conseguido aprovação de três emendas de nossa autoria, que beneficiam diretamente nossos policiais”, comemorou Tenente Nascimento.

As emendas do deputado Tenente Nascimento estabelecem que o remanejamento de recurso atendam as seguintes escolas para a capacitação: Academia da Polícia Civil e Polícia Militar do Estado de São Paulo, Escola Superior de Sargentos (ESSGT), Escola Superior de Soldados (ESSD), Diretoria de Ensino e Cultura (DEC), Centro de Altos Estudos de Segurança (CAES), Academia e Polícia Militar do Barro Branco (APMBB), Centro de Capacitação Profissional da Escola de Educação Física (CECAP).

Uma outra emenda (nº 345/19) inserida na PPA, também de autoria do deputado Tenente Nascimento, atenderá servidores públicos com a ampliação do atendimento à saúde por meio do IAMSPE (Instituto de Assistência Médica ao Servidor Público Estadual).

O total de despesas previstas no PPA é de R$ 829,7 bilhões. O projeto propõe 111 programas e metas, e estabeleceu diretrizes a serem seguidas pelos próximos quatro anos.