“DIA DO SARGENTO” É CELEBRADO PELA PRIMEIRA VEZ EM SÃO PAULO

O estado de São Paulo celebra pelo primeiro ano o “Dia do Sargento”. A data comemorada em 4 de maio foi instituída no calendário oficial do estado de São Paulo pela Lei nº 17.202/19 de autoria do deputado estadual Tenente Nascimento (PSL).

O parlamentar afirma que a lei presta uma justa homenagem a estes guerreiros de fardas que estão diariamente nas ruas comandando a guarnição servindo bem o povo paulista. “Esta lei também dedicamos a maioria dos militares que passam o maior tempo de suas carreiras como sargento”, destacou Tenente Nascimento afirmando que a propositura faz também homenagem ao Cabo PM Fernando Flávio Flores morto brutalmente no dia 4 de maio na porta de sua casa por assim ser um policial militar.

O deputado afirma que o Cabo PM Fernando não teve a chance de pisar no solo sagrado da Escola Superior de Sargento, mas foi promovido à graduação de sargento post mortem.

“Sargento! Elo de ligação entre o comando e a tropa, finalizou o deputado Tenente Nascimento.

Tenente Nascimento serviu a Força Pública de São Paulo como Soldado, Cabo e se formou Sargento e serviu durante oito anos como instrutor na Escola Superior de Sargentos, antigo CFAP, instituição da Polícia Militar responsável pela formação e capacitação de sargentos no estado de São Paulo.